As câimbras acontecem quando menos esperamos. De repente, sentimos uma dor intensa nos músculos que se contorcem involuntariamente. As contrações ocorrem como espasmos e geralmente são muito dolorosas.

Ainda não foi descoberta uma causa específica das câimbras, mas se sabe que estão ligadas ao exercício intenso dos músculos, à desidratação, à falta de cálcio e à má circulação do sangue.

Se você sofre com esse incômodo, saiba que há formas de aliviar a dor e de evitar câimbras.

O que fazer para aliviar a dor?

De imediato, aplique gelo na região afetada. Isso fará com que o seu músculo relaxe e a dor diminua. Se a dor acometer pernas ou braços, esticar levemente o membro terá o mesmo efeito relaxante. Caso as dicas anteriores não funcionem, faça uma massagem na área afetada, no sentido contrário dos espasmos.

Como evitar câimbras?

Mesmo agora já sabendo como aliviar as dores, agir apenas no momento não vai impedir que as câimbras continuem aparecendo. Apesar de ainda não sabermos especificamente suas causas, já temos conhecimento suficiente que contribuem para que possamos evitá-las. Por isso, confira, a seguir, algumas dicas que ajudam a evitar que as câimbras aconteçam recorrentemente e contribuem para melhorar sua qualidade de vida.

1. Beba bastante água

A água é importante para o bom funcionamento de todo o corpo, incluindo nossos músculos e tendões. Quando hidratados, os músculos se relaxam com mais facilidade, dificultando assim o aparecimento das câimbras.

A falta de líquido deixa os músculos e os tendões mais sujeitos a espasmos. Por isso, lembre-se da regra: tome pelo menos 2 litros de água por dia.

2. Alongue-se

É recomendado que façamos alongamento pelo menos uma vez ao dia. Além disso, é obrigatório antes e depois dos exercícios. Alongar-se vai fazer com que os seus músculos se cansem menos durante o treino, propiciando o relaxamento.

Dessa forma, você evita câimbras e adquire melhor preparo físico para os seus exercícios. E, se as suas dores aparecem durante a noite, alongue-se antes de dormir.

Tapete EVA para Yoga

3. Alimente-se corretamente

O hábito de ingerir os alimentos certos é um dos maiores aliados na prevenção contra as câimbras. Comer banana é uma dica antiga, não é mesmo? Mas funciona, pois a banana é um dos alimentos mais ricos em potássio, um dos maiores combatentes das câimbras.

Porém, só comer banana não resolve. É preciso focar numa alimentação inteiramente saudável, evitando frituras, enfarinhados e industrializados, e investindo em alimentos naturais e saudáveis como frutas e verduras que são ricas em vitaminas, potássio, magnésio e fibras.

4. Pratique exercícios regularmente

Um treino muito puxado, além da conta, também pode provocar o aparecimento de câimbras. No entanto, isso não significa que você deva parar de treinar: o ideal é fazer exercícios com regularidade, mas não ir além dos limites. Dessa forma, seus músculos se fortalecerão e ficarão mais resistentes contra as câimbras. E lembre-se: sempre faça alongamentos antes e depois do treino.

5. Evite temperaturas muito frias

O frio facilita as tensões e contrações dos músculos, fazendo com que ocorram os espasmos das câimbras. Isso se dá devido aos estímulos nervosos que seu corpo se esforça para produzir calor, na tentativa de manter-se aquecido. Por isso, evite temperaturas muito baixas e esteja sempre com as vestimentas corretas.

Fique de olho na sua saúde

Se mesmo depois de seguir todas essas dicas você ainda não conseguir evitar câimbras, procure um médico. Elas não são uma doença, mas podem indicar a existência de algumas patologias como artrose, diabetes, anemia, insuficiência renal, problemas na tireoide, dentre outras.

Gostou do nosso post? Então, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todos os nossos conteúdos!