Apesar de estarmos cientes dos benefícios relacionados às atividades físicas, como sair do sedentarismo ainda representa uma incógnita para uma parcela da população.

Muitos pensam que, para deixar os costumes sedentários de lado, é preciso ficar em uma academia várias horas por dia. No entanto, não é apenas em atividades programadas que podemos mexer o corpo.

Exercícios físicos durante o trabalho — fazendo faxina, subindo escadas ou carregando pacotes — também contribuem para essa transformação no estilo de vida. Assim, deixar de ser uma pessoa sedentária é mais simples do que pode parecer.

Neste artigo, separamos quatro dicas que irão ajudá-lo a conquistar resultados efetivos. Continue a leitura e incorpore práticas mais ativas no seu dia a dia agora mesmo! 

1. Comece aos poucos

Muitas pessoas, ao decidirem que não querem mais ser sedentárias, se comparam com grandes personalidades fitness da internet. Contudo, comparar-se a alguém é algo que deve ser abandonado. 

Iniciantes da prática esportiva não têm força muscular para fazer atividades por muito tempo ou com sobrecarga. Para evitar lesões e afastamentos, é imprescindível começar aos poucos. Uma hora de atividade todos os dias é mais que o suficiente nessa fase.

Se está difícil encontrar horário na agenda, uma opção é trocar práticas rotineiras por exercícios que exijam algum esforço físico. Por exemplo, experimente andar de bicicleta até o trabalho, ou desça do ônibus alguns pontos antes de chegar ao seu destino e ande o resto do caminho.

2. Crie uma rotina

Estabelecer uma rotina é fundamental para quem quer sair do sedentarismo. Contudo, cumprir a rotina estabelecida é o ponto chave para atingir essa meta.

Além de ajudar a organizar quais atividades devem ser realizadas a cada dia, não o deixando enlouquecer no trabalho ou em casa, um cronograma com horários destinados para exercícios físicos pode trazer uma sensação de dever a ser cumprido.

Para isso, avalie qual é o melhor horário para você se exercitar e escolha atividades prazerosas. Com essas informações em mente, monte uma programação que possibilite a sua diversão enquanto se exercita.

3. Pratique uma atividade física em companhia 

Fazer atividade física com alguma companhia, seja a de um amigo ou de um instrutor, é uma dica para ajudar a criar motivação. Muitas vezes, não somos capazes de honrar compromissos que estabelecemos apenas para nós mesmos. Mas, tendemos a ser mais responsáveis se combinamos algo com outra pessoa.

Assim, assumir a responsabilidade de fazer exercícios com alguém pode ajudar a dar o primeiro passo para sair do sedentarismo. Se nenhum amigo ou familiar estiver disponível, pode-se procurar por um personal trainer — opções online geralmente são mais acessíveis financeiramente.

4. Cuide da alimentação

Tudo o que comemos interfere no funcionamento do nosso corpo. Dietas ricas em açúcares e gorduras, além de provocar ganho de peso corporal e aumentar a predisposição a doenças, podem deixar o organismo mais cansado e indisposto. 

Com isso, é aconselhado que se opte por uma alimentação saudável. Refeições com menores porções, mas mais frequentes, ajudam a manter o metabolismo corporal sempre ativo. Pode-se incluir, também, alimentos que aumentam a taxa metabólica, como canela, pimenta caiena e gengibre.

A prática regular de atividade física é importante porque ajuda no controle e manutenção do peso e previne diversas doenças, como as mentais e as cardiovasculares. Para incorporar novos hábitos no dia a dia, sugere-se que comece aos poucos e sem se cobrar demais. 

Trocar a escada rolante pela escada normal ou optar por ir para o trabalho caminhando são algumas alternativas para quem não sabe por onde começar. O mais importante é se exercitar diariamente, mesmo que seja por pouco tempo.

Gostou desse post e quer saber mais sobre como sair do sedentarismo? Então leia também este artigo e descubra os melhores canais fitness na internet para fazer atividade física sem sair de casa!