Por provocar dor e desconforto, é importante conhecer os tratamentos para hemorroida. Em geral, o problema tem relação direta com o esforço na hora de ir ao banheiro e pode atingir adultos e jovens.

A hemorroida consiste na dilatação dos vasos sanguíneos do ânus. Quando isso acontece, pode haver bastante desconforto, em decorrência de aumento de volume na região, sangramento, dor e coceira. Hemorroidas são divididas em externas, quando ocorrem na abertura anal, ou internas, quando aparecem somente dentro do ânus ou no início do reto.

Neste post, vamos apresentar os pontos mais importantes que você precisa saber sobre a hemorroida. Confira!

1. Quais são os principais sintomas?

A hemorroida apresenta diversos sintomas, sendo muito importante reconhecê-los. Os sinais mais comuns incluem:

  • inchaço ao redor do ânus;
  • nódulos que são endurecidos e sensíveis próximos ao ânus;
  • dor ao evacuar;
  • sangue vivo no vaso sanitário, nas fezes ou no papel higiênico;
  • dor anal, principalmente quando está sentado;
  • coceira anal.

Os sintomas podem variar de acordo com o local da hemorroida. Se ela for interna, é possível não a sentir, pois ela não provoca desconforto. No entanto, pode ocorrer de as veias inchadas serem projetadas para a parte externa do ânus. Nessa situação, elas podem ser muito dolorosas.

2. Como se prevenir?

Como o esforço para evacuar e a prisão de ventre estão entre as causas principais da hemorroida nas pessoas, é possível evitá-las adotando algumas mudanças no dia a dia, como:

  • usar roupas íntimas de algodão;
  • evitar ingerir substâncias irritantes, como álcool e pimenta, principalmente durante as crises. É importante lembrar-se de que elas não são a causa da doença, mas podem agravar os sintomas;
  • optar por alimentos ricos em fibras, como castanhas, nozes, iogurte, aveia, grãos integrais, verduras, legumes e frutas. Além disso, lembre-se de beber muito líquido, pois auxilia a amolecer as fezes e facilita a evacuação;
  • atender à vontade de evacuar, pois, caso contrário, as fezes ressecam no segmento final do intestino grosso.

3. Como é feito o diagnóstico?

Caso você apresente os sintomas da hemorroida, é fundamental procurar um médico especializado. Ele fará o diagnóstico a partir da análise da região anal, procurando por anormalidades no reto e canal anal. Se for preciso, o especialista pode fazer um exame de sangue oculto nas fezes.

Além disso, para visualizar melhor o problema, ele poderá solicitar exames de imagens que mostram a região do ânus, como proctoscopia, anuscopia e sigmoidoscopia.

Almofada para hemorroida

4. Como é realizado o tratamento?

Nos casos menos graves, a hemorroida pode ser aliviada com mudanças na alimentação, aumentando a ingestão de água e fibras. O importante é diminuir os esforços para evacuar e aliviar a pressão sobre a veia.

Além disso, existem almofadas para hemorroida, que podem ser encontradas facilmente no mercado, sendo um produto bastante resistente, de fácil higienização e feito com material durável. Esse tipo de almofada proporciona conforto para a pessoa, além de suportar pesos mais elevados e se adaptar a qualquer lugar que for acoplada.

Algumas medidas caseiras, como banho de assento com água morna, também podem ser feitas. Pomadas para hemorroida ou medicamentos anti-inflamatórios podem ser úteis no tratamento para aliviar o desconforto e a dor, reduzindo o problema rapidamente. 

Quando as hemorroidas surgem frequentemente ou são muito grandes, o médico pode indicar uma cirurgia ou tratamentos alternativos. Por isso, é fundamental buscar ajuda médica para saber qual é o melhor procedimento.

Se você não conhecia os tratamentos para hemorroida, saiba que é importante mudar alguns hábitos de vida e adquirir uma almofada para hemorroida. Além disso, lembre-se de consultar um especialista para que ele possa avaliar a sua situação e indicar o melhor tratamento para você.

Gostou deste conteúdo? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos diretamente em sua caixa de e-mail!