Estamos em meio a uma pandemia de Covid-19, uma doença respiratória causada pelo novo coronavírus. Por ser uma nova condição, ainda não existem medicamentos ou vacinas comprovadamente eficazes. Por isso, é fundamental rastrear os casos e evitar um contágio em massa.

Para ajudar nesse rastreamento, foi desenvolvido o teste rápido para Covid-19. Trata-se de uma avaliação rápida que detecta a presença de anticorpos no organismo e identifica se o paciente já teve ou está contaminado pelo vírus. Quer entender melhor sobre como funciona esse tipo de teste? Então, continue a leitura.

Como o teste rápido para Covid-19 funciona?

Para entender como funciona o teste rápido para detecção de anticorpos, primeiro, é preciso entender como funciona a resposta imunológica ao vírus. Após a infecção viral no organismo, acontece o período de incubação, no qual o paciente permanece assintomático. Esse período pode levar de 2 a 14 dias.

Depois desse tempo, surgem os primeiros sintomas, como febre alta e tosse seca, que duram em torno de uma semana. É nesse momento que o paciente está mais suscetível a complicações, como por exemplo a pneumonia.

É nesse período, também, que o organismo começa a produzir anticorpos para combater o vírus. Portanto, existe um aumento dos níveis de IgM e, posteriormente, o IgG. Assim, os testes rápidos detectam a presença desses dois anticorpos na amostra de sangue, identificando se o paciente já teve contato com o vírus, mesmo que de forma assintomática.

Em quais casos é indicado?

O teste rápido é indicado para casos nos quais o paciente apresenta sintomas de Covid-19 há, pelo menos, 7 dias. Também, para pessoas que tiveram contato há, pelo menos, 15 dias com pessoas diagnosticadas, mas não apresentaram sintomas.

Como a produção de anticorpos só começa após algum tempo, o teste não é recomendado para a fase aguda inicial da doença. Ou seja, nesse período existe uma grande chance de falsos negativos. Para pacientes nessa fase, o recomendado é realizar o exame laboratorial para detectar com mais clareza a presença da infecção.

Como fazer o teste para Covid-19?

O teste rápido é bastante simples e é realizado por meio da coleta de sangue, como em um teste de glicemia. A amostra de sangue vai direto para o aparelho, onde é misturada com a solução diluente. Depois, é só aguardar. O resultado aparece entre 10 e 30 minutos após a coleta.

Contudo, é importante seguir algumas recomendações de higiene e biossegurança, manipulando-o com as mãos limpas, aventais, óculos de proteção e máscaras.

Kit teste rápido para Covid-19

Como identificar o resultado?

Conforme explicamos, o resultado do teste aponta a presença de dois tipos de anticorpos no organismo:

  • IgM reagente ou positivo, que indica que o paciente esteve ou ainda está infectado;
  • IgG reagente ou positivo, que indica que o paciente teve contato com a infecção há, pelo menos, 3 semanas e está possivelmente imunizado.

É importante ter em mente que os anticorpos não garantem a imunização por toda a vida. Ainda não existem comprovações científicas de por quanto tempo dura a imunidade adquirida.

O teste rápido para Covid-19 é uma boa alternativa quando o paciente tem suspeitas sobre já ter sido infectado no passado. Ele detecta a presença de anticorpos e é importante, inclusive, para identificar pacientes assintomáticos que podem ser vetores na contaminação.

Quer oferecer o teste rápido em seu laboratório ou farmácia? Na Ortoponto, você encontra o kit de teste rápido para Covid-19 com 25 unidades. Acesse nosso site e confira!