Que o salto alto deixa a mulher charmosa, isso é fato! Mas nem todas sabem das sequelas que esse calçado pode gerar. O uso diário dele contribui para o desenvolvimento de diversas dores e inúmeros problemas em determinadas partes do corpo.

Devido a tais problemas, achamos importante mostrar para você os riscos do salto alto para o joelho e como inibi-los. Para isso, vamos explicar primeiro os possíveis danos e, em seguida, dar algumas recomendações.

Quer conhecer os riscos do salto alto para o joelho e saber como evitar danos ao corpo? Leia este artigo!

Quais os riscos do salto alto para o joelho?

Salto alto não é totalmente proibido. O importante é conhecer as consequências que cada tipo desse calçado pode deixar no joelho. Fazer uso frequentemente pode causar lesão patelar, isto é, um dano na patela — o osso que resguarda a articulação do joelho. Isso pode prejudicar bastante o ato de caminhar.

Também, o salto alto consegue provocar alterações na coluna, tendinite, lesão no quadril, torções, danos nos dedos, entre outros problemas.

Como usar salto alto sem prejudicar o joelho?

É fundamental saber realizar o uso adequado do salto alto. Andar com ele de forma consciente protege o seu joelho e outras partes do seu corpo. Veja algumas dicas de como fazer isso.

Escolha saltos mais baixos e grossos

Trocar os saltos por sapatos mais baixos com saltos grossos dá estabilidade ao tornozelo e evita que os dedos tenham deformidades. Os saltos mais largos distribuem melhor o peso do corpo e ameniza a tensão nos dedos.

Saltos de até 5 cm com formato adequado são recomendados e podem melhorar a circulação sanguínea e fortalecer a musculatura. Esse tipo de calçado permite mais equilíbrio e sustenta melhor o corpo, além do mais, proporciona mais mobilidade e conforto.

Use palmilhas

Empregar palmilhas é um recurso que causa impacto positivo ao usar um sapato que poderia deixar os seus pés cansados e doloridos. Existe uma diversidade de palmilhas, como as magnéticas, com infravermelho, com pedras magnéticas e outras. Elas protegem os pés do cansaço, ativam a circulação sanguínea, estimulam as terminações nervosas, entre outros benefícios.

Palmilha de silicone

Utilize salto somente em ocasiões especiais

A decisão de não usar salto alto frequentemente pode tornar seus dias menos cansativos e estressantes. O ideal é você deixá-los para ocasiões especiais como: confraternizações, festas e outras programações.

Tratar a saúde de todo o corpo é indispensável, e os cuidados com o joelho não são diferentes. Essa articulação é uma das partes do corpo responsáveis pela sustentação dele. Assim, usar saltos adequadamente deixa a postura melhor alinhada e sobrecarrega muito menos o corpo.

Como você percebeu, é possível fazer uso do salto alto tomando algumas atitudes, como usar saltos mais baixos e grossos, empregar palmilhas e deixar esses calçados somente para os eventos especiais, assim você evita os riscos do salto alto para o joelho.

Gostou das informações sobre os riscos que o salto alto pode ocasionar no joelho? Agora que você obteve todas essas informações sobre o assunto, que tal deixar seu comentário neste post?