Nos dias de hoje, os celulares estão cada dia mais preparados para realizar diversas funções. Compras, transações bancárias, e-mails, comunicação social e até televisão, tudo pode ser feito na palma da sua mão.

Mas você sabia que esse uso constante pode trazer diversos problemas para o seu corpo? Neste post, listamos 5 problemas causados pelo uso excessivo do celular e como fazer para evitá-los. Quer entender melhor sobre o assunto? Então confira as dicas a seguir.

1. Dores musculares

Um dos principais problemas causados pelo uso excessivo do celular são as dores musculares. O aparelho causa uma sobrecarga nos braços e ombros, o que pode levar a dores e inflamações. Além disso, o hábito de olhar para baixo enquanto mexe no aparelho também causa dores no pescoço e fragilidade na região cervical devido à tensão gerada na musculatura.

Para diminuir o incômodo, o ideal é elevar o aparelho até a altura dos olhos, sempre manter a postura correta e os ombros alinhados.

2. Tendinite

Além das dores nas costas, o uso constante dos smartphones também sobrecarrega as mãos e punhos por conta dos movimentos repetitivos. Essa sobrecarga pode gerar inflamações nos tendões, as chamadas tendinites.

No início do problema, as dores são sentidas apenas enquanto o aparelho está sendo usado. No entanto, após algum tempo, o incômodo se torna constante e afeta ombros, cotovelos e punhos. Para evitar esse tipo de lesão, é importante criar uma rotina com períodos longe dos celulares e realizar alongamentos algumas vezes durante o dia.

3. Problemas de visão

Quem usa o celular de forma indiscriminada também pode sofrer com problemas relacionados à visão. A exposição frequente à luz azul, por exemplo, faz com que o usuário pisque menos vezes do que o necessário, o que causa a chamada “síndrome do olho seco”.

Além disso, o uso frequente do aparelho também pode causar fadiga ocular, visão turva, miopia e degeneração macular. A dica, nesses casos, é fazer pausas a cada 20 ou 40 minutos de uso e ficar atento aos olhos, buscando piscar com mais frequência.  

4. Transtornos psíquicos

O celular causa dependência e pode gerar alguns transtornos psíquicos, como ansiedade e depressão. A angustia e o desconforto causados pela falta do aparelho é um problema tão real que já foi criado até um termo para caracterizá-los, a “nomofobia”.

5. Insônia

O hábito de utilizar o celular antes de dormir também é maléfico e pode afetar o sono. Isso porque a luz azul emitida pelo aparelho afeta o organismo e faz com que o cérebro fique em estado de alerta. Por isso, é importante evitar o uso do celular pelo menos uma hora antes de ir para a cama.

A tecnologia é extremamente importante no mundo moderno e, por isso, é compreensível que passemos mais tempo do que o normal utilizando um smartphone. No entanto, é importante que esse uso seja feito de forma saudável e consciente para prevenir os problemas causados pelo uso excessivo do celular.

E então, gostou do post? Compartilhe nas redes sociais e ajude seus amigos a ficarem atualizados no assunto.

Produtos ortopédicos e bem-estar