Não é novidade que pessoas com algum tipo de deficiência visual enfrentam muitos desafios diariamente. Embora a sociedade ainda precise melhorar em questões relativas à acessibilidade e inclusão, a boa notícia é que alguns equipamentos para deficientes visuais vêm se mostrando companheiros importantes para quem busca ainda mais independência.

É por isso que separamos, neste post, alguns exemplos. Continue a leitura e confira!

Bengalas

Entre os equipamentos para deficientes visuais disponíveis no mercado, sem dúvida as bengalas são indispensáveis, pois ajudam na locomoção nos mais diversos ambientes, tais como ruas e calçadas. Seu uso é fundamental para que se possam “perceber” os obstáculos presentes ao redor e, assim, conquistar mais mobilidade.

Os modelos dobráveis são uma opção repleta de benefícios, pois podem ser guardados com mais praticidade. Para além disso, têm um elástico de segurança que serve para prender o equipamento junto ao pulso.

Ao comprar a bengala, é importante ficar atento para algumas características. Confira, por exemplo, se há alguma película adesiva para ajudar na sinalização durante a noite e se a ponteira de plástico é de fácil reposição.

Verifique, ainda, se o foco da empresa é promover saúde e bem-estar. Afinal, isso pode indicar uma maior preocupação com as soluções oferecidas e, consequentemente, mais qualidade nos produtos adquiridos.

Óculos

Essa é uma opção que mostra o papel da tecnologia na missão de ajudar as pessoas com deficiência. Muitas empresas vêm desenvolvendo projetos de óculos que ampliam a percepção do que está ao redor. O dispositivo OrCam MyEye é um exemplo, só que com uma proposta diferente.

Com uma câmera acoplada, o acessório fotografa, escaneia e transforma textos em áudio. Assim, ler jornais, livros, placas de rua, cardápios de restaurantes e nomes de lojas passa a ser possível.

Cão-guia

Eles são espertos e encantam qualquer um. No entanto, seu papel não é ser apenas um bichinho de estimação. Os cães-guia têm uma importante responsabilidade: auxiliar pessoas com deficiência visual a se locomoverem pelos locais, sem exceção.

A Lei nº 11.126 (2005) garante a permanência desses cães em locais públicos e privados de uso coletivo. Assim, é possível contar com a ajuda deles em restaurantes, supermercados, ônibus, entre outros espaços.

Celular adaptado

Responsável por facilitar a rotina e o contato entre as pessoas, o celular é um aparelho indispensável para qualquer um nos dias atuais. Felizmente, existem recursos que permitem que pessoas com deficiência visual também utilizem o aparelho.

Esses recursos, presentes tanto no sistema operacional Android quanto no iOS, funcionam como um leitor. Basicamente, ele informa ao usuário tudo o que é tocado. Toques duplos servem para confirmar a ação. Películas com botões táteis e aparelhos em braille também são opções interessantes para quem busca um aparelho adaptado.

Todos esses equipamentos para deficientes visuais, cada um da sua forma, contribuem consideravelmente para que essas pessoas percebam uma melhora na inclusão e desfrutem de mais acessibilidade. Para isso, entretanto, é essencial que a escolha seja feita com cautela. Afinal, a qualidade do produto escolhido está diretamente relacionada à qualidade de vida após a aquisição.

Falando na importância de efetuar uma boa compra, que tal conhecer os produtos que a Ortoponto disponibiliza para esse público?