Esse cenário de luta contra a propagação do coronavírus exige o uso de máscaras, luvas e outros equipamentos específicos para proteger a saúde. Independentemente de ser ou não fator de risco, a falta de ar é um dos sintomas mais preocupantes da Covid-19. Nesse sentido, ficar atento aos sintomas e saber para que serve o oxímetro — instrumento essencial ao controle dessa doença — é indispensável.

Tendo isso em vista, vamos explicar o que é oxímetro, como tal equipamento funciona e quando deverá ser utilizado. Confira, então, a importância de ter um oxímetro em casa para cuidar melhor da saúde em diferentes situações. Acompanhe!

Afinal, o que é o oxímetro e como ele funciona?

Esse aparelho é utilizado em hospitais durante procedimentos — como cirurgias — que exigem a medição do nível de oxigênio no sangue. A avaliação do teor de oxigenação sanguínea é imprescindível à manutenção da respiração. Mas o oxímetro também pode ser empregado em domicílio, já que ele é bem simples de manusear.

Também conhecido por oxímetro de pulso, esse dispositivo permite a aferição do oxigênio sem a necessidade de punção do sangue. Há sensores ópticos que fazem a conversão do espectro de luz em sinais elétricos, o que possibilita a avaliação da quantidade de oxigênio na circulação.

Esse mecanismo é controlado por um processo chamado de espectrofotometria, cuja função é medir a intensidade dos feixes de luz transmitidos. Assim, os pulsos cardíacos são captados por esses sensores de luz no momento em que atravessam os vasos mais superficiais.

Oxímetro portátil de dedo

Para que serve o oxímetro?

Entender melhor para que serve o oxímetro pode ser fundamental, principalmente para pacientes que não podem ir a hospitais com frequência nesse período de pandemia de Covid-19. Geralmente, o nível de oxigênio sanguíneo pode ser reduzido em condições de sofrimento respiratório, um dos sintomas de doenças pulmonares.

Em situações em que o nível de oxigênio fica abaixo do indicado, as células não conseguem realizar suas atividades normalmente. Com isso, órgãos vitais como cérebro, coração e pulmão ficam com a capacidade funcional reduzida. Por isso, menor quantidade de oxigênio — e a consequente sobrecarga na função desses órgãos — pode levá-los à falência.

Assim, uma das formas de evitar situações de emergência respiratória é a vigilância constante do teor de oxigênio no sangue. Isso também é essencial na prevenção e no controle dos sintomas da Covid-19, já que a falta de ar resulta da baixa oxigenação do sangue circulante.

Por que ter um oxímetro em casa?

Ter esse equipamento em casa pode ser vantajoso em diversas situações. Além de problemas pulmonares, como asma e as complicações da fase mais avançada da Covid-19, questões emocionais também podem reduzir a oxigenação do sangue. Assim, ter um oxímetro disponível é primordial para medir a saturação de oxigênio em situações de estresse, ansiedade ou síndrome do pânico.

Como você pôde perceber, o oxímetro é um aparelho essencial à prevenção da saúde durante a pandemia de Covid-19. Mas tão importante quanto saber para que serve o oxímetro é conhecer as melhores alternativas para adquiri-lo. Logo, a fim de assegurar mais benefícios à sua saúde, conte com a variedade dos produtos e outros diferenciais da Ortoponto, uma empresa credenciada à Associação Brasileira de Ortopedia Técnica (Abotec).

E você, o que achou deste conteúdo? Aproveite a visita ao nosso site e conheça as opções de oxímetro disponíveis!