O joelho é uma das articulações mais importantes do corpo humano, pois auxilia na locomoção e está envolvido em diversos tipos de movimento. Essa articulação é formada por ossos, ligamentos, meniscos, cartilagem e membrana. Lesões no joelho podem ocorrer devido a traumas diretos ou por efeitos indiretos, como excesso de peso.

As lesões no joelho podem acometer qualquer uma das suas estruturas. Lesões ósseas ocorrem no fêmur, na tíbia ou na patela (rótula). Já contusões ligamentares podem prejudicar os ligamentos cruzado anterior (LCA), cruzado posterior (LCP), colateral medial ou colateral lateral. As lesões também podem afetar os meniscos — medial ou lateral —, as cartilagens e os tendões, localizados na região da coxa e abaixo da patela.

Independentemente da região afetada, contusões no joelho podem provocar sérios prejuízos à saúde e ao bem-estar. Confira neste artigo os principais sintomas e causas dessas lesões e descubra como prevenir e remediar esse tipo de dano.

Quais são os sintomas de lesões no joelho?

Os sintomas tendem a variar de acordo com o tipo e a gravidade da lesão. De modo geral, dores, dificuldade para andar ou movimentar as pernas, edema, sensação de desconforto e aumento da sensibilidade são sinais de algum trauma.

Ao perceber qualquer incômodo na região dos joelhos, o mais recomendado é consultar um médico ortopedista. Apenas um bom especialista saberá realizar uma avaliação adequada e indicar o melhor tratamento para cada situação.

Quais são as principais causas?

Lesões no joelho podem ser causadas por diversos fatores, variando desde sedentarismo até atividade física muito intensa. Traumas por pancadas ou rotações no joelho (decorrentes de acidentes ou quedas, por exemplo) podem atingir ossos e meniscos, romper ligamentos ou deslocar a patela.

Outras causas apontadas são atividade física feita de forma inadequada, predisposição genética e doenças ósseas, como artrose. Além disso, o excesso de peso e o uso frequente de saltos altos podem sobrecarregar as articulações dos joelhos, ocasionando o desgaste das cartilagens. 

Como prevenir e quais os tratamentos mais recomendados?

A prevenção de lesões no joelho pode ser feita por meio de exercícios de fortalecimento, de aquecimento pré-treino e de alongamento pós-treino. Além disso, não é recomendável o uso de tênis muito velhos durante a prática de atividades físicas.

Aconselha-se também que o treino seja supervisionado por um profissional capacitado e que não ultrapasse o tempo planejado. Por fim, é bom ter uma alimentação saudável, de modo a manter o peso ideal.

Caso alguma lesão ocorra, o tratamento caseiro mais recomendado é a realização de compressas de gelo na região dolorida. Não deixe, no entanto, de consultar um especialista, pois um bom médico poderá pedir exames e avaliar se é preciso realizar cirurgia e/ou fisioterapia, ou até mesmo usar joelheira ortopédica.

Joelheira com Mola e Reforço Patelar Duplo Hidrolight em Neoprene

Lesões no joelho podem afetar várias estruturas, e os sintomas e tratamentos variam de acordo com o tipo e a gravidade da lesão. Em geral, dores e incômodos nessa região são sinais de que algo pode ter acontecido. Nesses casos, o melhor é colocar gelo no local e consultar um ortopedista o quanto antes. 

Gostou deste post? Leia também o nosso artigo sobre exercícios que ajudam a fortalecer o joelho e evite lesões nessa articulação!