Ao pensar na locomoção de pessoas com deficiência é comum que questões com a acessibilidade, especialmente no meio urbano, se destaquem. No entanto, a mobilidade também precisa ser pensada em outro ambiente: dentro de casa. É nesse espaço que o guincho de transferência de pessoas surge como um produto indispensável. 

Responsável por proporcionar uma movimentação mais confortável e segura, o guincho tem muito a contribuir para a qualidade de vida do usuário. Para saber mais sobre ele, continue a leitura!

O que é um guincho de transferência de pessoas

Chamado também de elevador individual, o guincho é um aparelho desenvolvido com a finalidade de ajudar na transferência de pessoas com mobilidade reduzida, seja em decorrência de deficiências físicas ou doenças como Parkinson. 

Funciona como um elevador, dispensando a força física do cuidador para realizar a movimentação. A pessoa que vai operar o equipamento deve auxiliar apenas na acomodação do usuário no cesto de tecido. Em seguida, os ganchos desse tecido devem ser presos ao elevador. O passo seguinte é o acionamento do guincho.

Como é possível perceber, o equipamento não apresenta dificuldade para ser manuseado. É, portanto, uma excelente alternativa para facilitar a rotina da pessoa com deficiência e das demais pessoas que auxiliam de alguma forma na locomoção. 

Quais as vantagens do guincho 

Ter facilidade para se transferir de um local ao outro é um dos principais desejos de quem tem mobilidade reduzida. Afinal, isso possibilita maior independência e autonomia para a pessoa com deficiência.

É nesse sentido que é possível identificar a principal vantagem do guincho de transferência, a qual está relacionada com o auxílio na movimentação. O produto proporciona maior conforto e praticidade na transferência para a cadeira de rodas, banheiro, cama e outros. Sem o guincho, o usuário requer um esforço físico maior de uma outra pessoa a fim de conseguir realizar as mesmas movimentações. 

Para além disso, a segurança é outro ponto positivo. Isso porque o guincho foi desenvolvido para prevenir problemas de postura e coluna durante a transferência, o que não é incomum de acontecer quando um cuidador precisa fazer tal movimentação sem o auxílio do equipamento. Outra vantagem está relacionada com a prevenção de quedas. Como é um equipamento extremamente resistente, evita esse tipo de ocorrido. 

Como comprar um guincho

Existem dois tipos de guincho: o hidráulico e o elétrico. No primeiro o funcionamento é semelhante a uma bomba hidráulica, isto é, existe uma redução do esforço feito por quem está ajudando na transferência. Portanto, um esforço (mesmo que pequeno) é necessário.  

Já o guincho elétrico, apesar de funcionar de modo parecido com o anterior, tem a presença de um motor, o qual é ativado por um botão. Dessa forma, o modelo conta com baterias e não requer esforço nenhum do operador, o que é considerada uma vantagem extra em relação à versão hidráulica. Sendo assim, é a melhor opção para quem busca um equipamento para facilitar a rotina. O guincho de transferência motorizado além de mais prático e confortável, é o modelo indicado para usuários ativos.

O primeiro passo para efetuar a compra é pesquisar sobre o fornecedor. É essencial uma boa reputação e credibilidade da empresa escolhida. Atualmente, com a facilidade da internet, a praticidade está presente inclusive no processo de compra, já que é possível adquirir o guincho de transferência de pessoas de forma online. 

Ficou interessado? Então, aproveite para conferir o modelo disponível de guincho elétrico de transferência de pessoas em nossa loja!