Uma dor aqui, uma lesão ali e sempre a mesma recomendação: “colocar gelo ou bolsa quente!”. Não há dúvidas acerca dos benefícios que as duas alternativas apresentam. No entanto, nem sempre a escolha é a correta, o que faz com que o corpo reaja de uma forma diferente da esperada.

Por isso, continue acompanhando este texto e aprenda a tomar a decisão correta em qualquer situação.

O que acontece com o corpo após uma lesão?

A lesão é caracterizada pelo rompimento parcial ou total das fibras musculares localizadas em um ponto específico da nossa musculatura. Assim que isso acontece, pequenos vasos sanguíneos responsáveis por levar sangue e oxigênio para os tecidos se quebram.

Em uma lesão sofrida em uma corrida, por exemplo, a primeira reação do corpo é aumentar a tensão muscular. Isso acontece porque o nosso mecanismo de defesa visa proteger o corpo.

A consequência disso é a redução da flexibilidade, o que compromete o desempenho físico. Com isso, as estruturas localizadas entre os músculos esqueléticos ficam mais comprimidas que o normal, condição que afeta o funcionamento de várias delas, como os vasos sanguíneos e linfáticos.

O resultado “final” de todos esses acontecimentos é um corpo menos lubrificado, com células mais inflamadas e menos nutridas. Tais condições, por sua vez, geram os sintomas típicos de uma lesão.

Quando o gelo é indicado?

O objetivo da aplicação de compressa com gelo é controlar os níveis de inflamação. O que acontece é uma vasoconstrição, condição caracterizada pela diminuição do diâmetro dos vasos.

A sensação é de um efeito anestésico, consequência do fluxo de sangue menor, assim como da redução do inchaço e também da inflamação.

É recomendado para traumas decorrentes de pancadas, visto que são casos em que o rompimento dos vasos sanguíneos e linfáticos é comum, e resultam em edemas e hematomas.

Então, o gelo está liberado em casos de traumas, entorses e distensões. Como exemplos, temos pancadas, dores de dente e também o período pós-exercício.

Quando a bolsa quente é indicada?

Ao contrário da compressa de gelo, o aquecimento dilata os vasos sanguíneos. Isso aumenta a circulação, e a musculatura fica alongada e relaxada.

Quando o fluxo de sangue é aumentado, a recuperação é acelerada. Além disso, a tensão muscular diminui. Como consequência, há a redução da dor.

A bolsa térmica é uma boa opção, portanto, para dores nas costas, torcicolo e cólicas menstruais. Resumindo: para contraturas musculares, dorsalgias, lombalgias e também para doenças reumáticas ou artroses.

Kit Bolsa Gel + Bolsa Térmica + Squeeze

Quais os cuidados necessários com gelo ou bolsa quente?

Quando utilizado de forma adequada, ambos os métodos são eficazes. O uso indevido do gelo em dores musculares, por exemplo, pode piorar a contratura. Isso acontece porque a baixa temperatura faz os músculos se contraírem ainda mais, aumentando a dor.

Além disso, outros cuidados são indispensáveis, são eles:

Vazamentos na bolsa térmica

Antes da aplicação, confira se ela está bem vedada. Essa verificação está diretamente ligada à segurança, visto que pode evitar possíveis queimaduras.

Limite de aplicação

No caso do gelo, o tempo de utilização indicado para articulações, como joelho, ombro, tornozelo, cotovelo e punho, é de 20 minutos, a cada 2 horas. Já para as articulações menores, como dedos, a indicação é de 15 minutos, no máximo. O perigo, ao exceder esse tempo, é de uma lesão celular.

Já para a bolsa quente, ciclos de 5 a 10 minutos são ideais, jamais excedendo o dobro disso.

Contraindicações

O uso de ambos os métodos deve ser evitado quando há fratura exposta, infecção ou perda de sensibilidade. A água quente não é indicada nos seguintes casos:

  • insuficiência vascular;
  • hérnias discais.

Já o gelo deve ser evitados nas seguintes situações:

  • doença cardíaca;
  • área com nervos superficiais;
  • antes da prática esportiva.

Temperatura

Se em vez de usar a bolsa gel térmica, você optar pela bolsa com água quente, é sugerida uma medida de água fria para cada três de água fervente. Lembre-se de que a pessoa deve estar confortável com a temperatura.

A aplicação de gelo ou bolsa quente é, há muito tempo, utilizada para diversos fins. Como vimos, desde que utilizadas corretamente, os benefícios dessas alternativas são muitos. E para saber ainda mais sobre eles, entre em contato com a gente e veja como podemos ajudar você!