As varizes são veias dilatadas que surgem porque, por algum motivo, o sangue não conseguiu retornar ao coração naturalmente. Mais frequente nas pernas e nos pés, são ocasionadas pela má circulação, excesso de peso, longos períodos sentada etc. As causas das varizes, entretanto, são diversas.

Mais comum entre as mulheres, as veias são aparentes e, muitas vezes, saltadas. Por isso, são sinônimo de desconforto no universo feminino. Entenda melhor!

Quais são as causas das varizes?

Vários fatores estão envolvidos entre as causas das varizes. A genética, porém, é a razão mais comum para o surgimento desses vasos dilatados. Mas também pode acontecer entre pessoas que:

  • passam muito tempo sentadas;
  • usam sapatos de salto alto frequentemente;
  • estão com sobrepeso;
  • estão grávidas;
  • têm vida sedentária;
  • fazem uso de hormônios.

Essas características estão entre as principais, mas existem outros fatores que podem influenciar no aparecimento das varizes.

Todas as situações acima são responsáveis por gerar uma sobrecarga e prejudicar a circulação natural do sangue. Portanto, para evitar que isso aconteça, é preciso adotar contramedidas, como:

  • praticar atividades físicas;
  • perder peso;
  • evitar longos períodos na mesma posição;
  • usar sapatos baixos e confortáveis;
  • elevar as pernas sempre que possível.

Para quem já tem ou apresenta sinais de má circulação, as meias de compressão podem ser grandes aliadas.

Meias de Baixa Compressão

Quais são os fatores de risco e sintomas das varizes?

Agora que você conhece as causas das varizes, é importante saber quem se enquadra nos fatores de risco e quais são os seus sintomas, assim é possível identificar mais rápido quando elas surgirem.

Fatores de risco

Os fatores de risco envolvem, principalmente, quem tem histórico de varizes na família. Aliás, as chances de ter essas veias saltadas são muito maiores entre as mulheres.

É importante dizer que quem está em idade avançada ou com excesso de peso também se enquadra. Além disso, pessoas que têm ou já tiveram insuficiência cardíaca, doença no fígado, líquido no abdômen ou trombose venosa, podem desenvolver varizes com mais facilidade.

Sintomas

Algumas pessoas não sentem nenhum sintoma e só reparam as varizes quando percebem as veias dilatadas, avermelhadas e, muitas vezes, azuladas. Porém, é comum que inchaço nos pés e tornozelos, coceira na pele, sensação de pressão na região, dor ou ardor, sejam sentidos.

Há casos mais graves em que os sintomas estão relacionados à dor forte e sensação de cansaço nas pernas, inchaço e acúmulo de água e, até mesmo, dificuldade para andar.

Nesse post, você conheceu as causas das varizes, descobriu quem tem mais chance de desenvolver, quem se enquadra no grupo de risco, quais são os sintomas e como se prevenir. Agora, está na hora de tomar uma atitude e evitar que esse desconforto surja no seu corpo.

Gostou do texto? Sabia que, junto aos fatores das causas, também podemos destacar o sedentarismo? Para se livrar dele, conheça as nossas 5 dicas para manter a boa forma e incluí-las no seu dia a dia, conquiste uma vida mais saudável e diminua as chances de adquirir varizes por conta da má circulação sanguínea!