Chamada também de mialgia, a dor muscular é uma conhecida de longa data de muita gente. Pode atingir mãos, braços, pernas, costas e pescoço, com uma intensidade que vai de leve a forte. Embora o incômodo seja familiar, todo mundo quer descobrir como melhorar dor muscular.

E você, também quer aprender? Então, continue acompanhando o post e descubra como amenizar o problema.

O que é a dor muscular?

Como o próprio nome sugere, é uma dor que afeta os músculos. Considerada comum, ela pode envolver os tendões, ligamentos e os tecidos moles que conectam nossos ossos e músculos.

É frequente a associação entre a mialgia e lesões musculares decorrentes de exercício ou trabalho desgastante. Além disso, a dor muscular também está relacionada à tensão. Resumindo: geralmente, a causa é lesão ou sobrecarga, embora existam outras.

Como melhorar dor muscular?

De repente, vem aquela sensação de musculatura travada, acompanhada de queimação, formigamento, picada e dormência. Como é um quadro comum e que faz parte da vida de qualquer pessoa em algum momento, rapidamente vem a identificação: dor muscular.

Acontece com você? Então, descubra como melhorar essa dor!

Alongue-se

O principal benefício é o alívio da dor. Ao alongar, a irrigação dos vasos sanguíneos da região melhora e o músculo relaxa, além de receber mais nutrientes, que auxiliarão no processo de regeneração.

É interessante realizar alongamentos não apenas antes do treino, mas durante e depois. Isso vai ajudar a melhorar o fluxo de sangue.

Faça compressas de gelo

Todos nós temos membranas que revestem as células musculares. E são essas membranas que ficam danificadas após a prática de um exercício físico. A consequência dessa danificação é o contato entre o músculo e o líquido presente dentro da célula.

Aplicar compressas de gelo ajuda a eliminar esse fluido inflamatório — que é a causa da dor —, além de regenerar a célula e ajudar na recuperação do músculo.

Aproveite uma massagem

A função da massagem será ativar a circulação sanguínea e tirar a tensão das fibras musculares. O calor no local ajuda na melhora da circulação, aumentando também o oxigênio e a energia no músculo.

Massageador elétrico corporal bivolt

Cuide da alimentação

Os alimentos considerados antioxidantes e anti-inflamatórios têm muito a contribuir para a melhora da dor. No primeiro grupo estão os que agem combatendo a dor causada pelos radicais livres, como o açaí, cacau, oleaginosas e frutas vermelhas.

Já no segundo grupo encontramos os que agem contra a inflamação dos músculos. Nele estão os peixes ricos em ômega 3, abacate, cúrcuma e gengibre.

Além desses alimentos, busque consumir também proteínas, alimentos ricos em vitamina C e chá verde.

Por que temos dor muscular após treinos ou acidentes?

Como vimos, tensão, excesso nos treinos, ferimentos leves, prática esportiva e estresse são as causas mais comuns de dor muscular. No entanto, nem sempre conhecemos a relação entre determinadas situações e o surgimento da mialgia.

É o caso, por exemplo, da dor após um acidente ou treino. Na primeira situação, é comum que a pessoa enrijeça os músculos para diminuir o impacto, e é justamente por isso que a dor muscular começa. Como a adrenalina está alta, o músculo pode ficar rígido além da capacidade considerada normal.

Além disso, a dor pode surgir também por causa de um músculo distendido. Isso acontece quando um músculo tem um trabalho que extrapola as suas habilidades normais.

Já no caso do treino, seja uma corrida no parque ou uma aula de funcional, microlesões musculares são provocadas pelo exercício. A partir daí, há a liberação de prostaglandinas, substância causadora de dor. Com isso, surge também um edema, que é um inchaço muscular — aumento de volume do músculo.

Não importa a causa, a mialgia é sempre incômoda e, em alguns casos, pode chegar até a atrapalhar a rotina. Felizmente, a resposta para a pergunta “como melhorar dor muscular?” é simples, já que, geralmente, pode ser aliviada com medidas simples, como as abordadas acima.

E aí, pretende adotar essas dicas ou indicar para alguém quando a dor muscular chegar? Então, aproveite e conheça a fita para a reabilitação muscular e fique ainda mais preparado!