Sinusite é uma inflamação nas mucosas dos seios da face, que são cavidades ósseas localizadas ao redor do nariz e dos olhos. Os principais sintomas incluem secreções nasais, dificuldade para respirar, dores e tosse. Felizmente, existem medidas caseiras para aliviar o desconforto do problema, como lavagem nasal, compressas quentes no rosto, ingerir muito líquido e fazer nebulização para sinusite.

A nebulização, também conhecida por inalação, é um dos tratamentos mais eficazes para a sinusite, seja ela aguda ou crônica. Essa técnica facilita a eliminação do muco retido, aliviando os sintomas.

Quer saber o que é e como funciona a nebulização para sinusite? Continue a leitura para descobrir!

Como funciona a nebulização para sinusite?

A nebulização consiste na inalação de vapor quente, umidificando as vias respiratórias. Isso dilui as secreções retidas nos seios paranasais e facilita sua retirada. A inalação deve ser feita de 2 a 3 vezes por dia, durante 15 a 20 minutos. Recomenda-se que ela seja feita ao acordar e antes de dormir, garantindo o bem-estar ao longo do dia e durante o sono.

Quais são os tipos de nebulização?

Existem 4 tipos de nebulização. De forma geral, nenhum deles apresenta contraindicações e podem ser aplicados em pessoas de qualquer faixa etária, incluindo gestantes e lactantes. No entanto, sempre consulte um médico ao optar pela utilização de ervas medicinais ou remédios. É importante salientar que a automedicação nunca é recomendada!

Nebulização com água do chuveiro

Para fazer esse tipo de nebulização, ligue o chuveiro e deixe a água muito quente escorrer por um tempo. Feche a porta para que o banheiro fique cheio de vapor d’água e respire o ar quente.

Apesar desse procedimento ser prático, ele não preza pela economia de água e de energia. Além disso, fique atento para que o banheiro esteja limpo, livre de fungos, como mofo e bolor. Ao inalar o vapor quente, pode-se acabar inspirando bactérias ou esporos, piorando o quadro clínico.

Nebulização com chá de ervas

Nesse tipo de inalação, prepare um chá de ervas, como camomila, erva-cidreira ou eucalipto, e o despeje em uma bacia. Espere o chá esfriar um pouco — é preciso ter cuidado para não inspirar o ar muito quente para não queimar as mucosas das vias superiores. Coloque a bacia sobre uma mesa e sente-se em uma cadeira. Incline seu corpo para frente e respire o vapor do chá.

Nebulização com soro fisiológico

Para a nebulização para sinusite com soro fisiológico, é preciso ter em casa um nebulizador. O nebulizador — não confunda com umidificador — é um aparelho que vaporiza líquidos e conduz esse vapor para uma máscara, que deve ser encaixada ao rosto da pessoa.

Coloque entre 5 e 10 ml de soro fisiológico no nebulizador e ligue o equipamento. Posicione a máscara ao redor do nariz e da boca e inspire o ar quente. Permaneça sentado durante toda a inalação para que não haja riscos de aspirar o muco que está sendo umidificado. Não há contraindicações quanto ao uso do soro fisiológico.

Nebulizadores e Inaladores

Nebulização com remédios

Um dos benefícios do uso do nebulizador é a possibilidade de se administrar medicamentos direto no equipamento. Assim, para a nebulização com remédios, basta diluir o medicamento prescrito pelo médico em soro fisiológico e adicioná-lo ao aparelho.

Remédios broncodilatadores, como o Berotec, são bastante recomendados. Porém, a posologia deve ser indicada por um profissional qualificado, dado que há variações de acordo com a idade e o tipo de doença.

Outra opção seria adicionar Vick Vaporub® no nebulizador. Não faça isso sem a orientação de um médico e esteja atento à bula do medicamento. Em geral, esse vaporizante e descongestionante não pode ser adicionado em água fervente e há contraindicações para pessoas que tenham reações alérgicas a um de seus compostos.

A inalação de vapor quente é uma medida caseira simples e acessível que alivia os incômodos da sinusite. Além disso, por umidificar as vias superiores, a nebulização também tem sido indicada para hidratar as cordas vocais e prevenir doenças respiratórias em dias secos ou com muita poluição no ar.

Gostou deste conteúdo? Então comente no nosso post sobre qual tipo de nebulização para sinusite você escolheu e quais foram os benefícios alcançados!