A hipertensão arterial é uma das doenças que mais matam no mundo. No entanto, com a atual crise do coronavírus, é necessário ainda mais cautela com o problema. Segundo a OMS, os hipertensos estão entre os principais alvos de complicações pelo vírus, ou seja, fazem parte do grupo de risco. Além dos cuidados de prevenção e o isolamento social, é fundamental que o paciente entenda como controlar a pressão alta e redobrar essas medidas durante a pandemia.

Neste post, listamos algumas dicas para que você não tenha um aumento anormal da pressão e consiga enfrentar o momento com mais tranquilidade. Ficou interessado? Então, continue a leitura.

Controle o seu peso

O sobrepeso faz com que o coração tenha mais dificuldade para conseguir bombear o sangue, sendo exigido um maior esforço do músculo. Por isso, é importante que os hipertensos tentem fazer um controle de peso. Vale lembrar de que o acúmulo de gordura abdominal tem relação direta, também, com o diabetes, outro fator de risco para complicações do coronavírus.

Diminua o consumo de sal

O consumo excessivo de sal também impacta na pressão arterial. Por isso, é importante ter cuidado no uso desse ingrediente. Além de evitar adicionar muito sal na comida, evite também o consumo de produtos industrializados ricos em sódio, como conservas, embutidos, salgadinhos, biscoitos recheados e refrigerantes. Troque os temperos prontos por ervas e opções mais naturais e mantenha uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, cereais e carnes magras.

Pratique exercícios

Outra dica para manter a pressão controlada é se exercitar regularmente. Pessoas sedentárias têm um risco muito maior de sofrerem com o aumento da pressão. As atividades mais indicadas são as aeróbicas, que contribuem para uma melhora no sistema circulatório e pulmonar. O ideal é praticar exercícios por, pelo menos, 30 minutos, 5 vezes por semana. Contudo, atenção se você não tem o costume de se exercitar: comece aos poucos.

Aparelho medidor de pressão

Abandone o cigarro

Outro poderoso inimigo nesses casos é o cigarro. O tabagismo lesiona e compromete os vasos sanguíneos, além de contrair suas paredes, causando um aumento da pressão. Além disso, o cigarro também é fator de risco para doenças cardiovasculares e para complicações do coronavírus. Outro malefício do fumo é que ele pode anular os efeitos dos medicamentos em pacientes que já realizam tratamento para hipertensão.

Evite o estresse

Crises de estresse e ansiedade podem estimular ainda mais a produção de cortisol e adrenalina. Estes hormônios causam o aumento da pressão e aceleram o coração. Para evitar picos de estresse, tente diminuir o consumo de informações negativas, tire alguns momentos do seu dia para fazer atividades prazerosas e mantenha seu sono regrado.

A hipertensão é um fator de risco para complicações do coronavírus. Por isso, é essencial que os hipertensos reforcem as medidas de prevenção e saibam como controlar a pressão alta. Para isso, tente manter uma dieta equilibrada e faça exercícios físicos. Você também pode ter em casa um aparelho de pressão para medição e acompanhamento.

Na Ortoponto, você encontra diversos modelos de aparelhos que ajudam você a controlar a pressão alta e melhorar sua qualidade de vida. Acesse nossa loja e confira.