Angelina Jolie, Rita Lee, Christina Applegate, Kathy Bates, Patrícia Pillar… Você sabe o que todas essas famosas têm em comum? Todas elas realizaram a cirurgia de mastectomia.

O procedimento é realizado principalmente para o tratamento do câncer de mama, um problema que a cada ano afeta cerca de 59.700 mulheres no Brasil, de acordo com levantamento feito pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) e divulgado no portal.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a cirurgia de mastectomia e foi pensando nisso que desenvolvemos este artigo, que esclarecerá as principais questões. Acompanhe!

O que é a cirurgia de mastectomia?

A mastectomia é um procedimento que remove total ou parcialmente as mamas. Por isso, existem diferentes tipos de cirurgia e os médicos indicam de acordo com o caso de cada paciente. Os principais são:

  • mastectomia simples: são retiradas apenas algumas glândulas mamárias;
  • mastectomia radical: é retirada toda a glândula mamária, no músculo peitoral e também dos linfonodos da axila;
  • mastectomia radical modificada: são retiradas todas as glândulas, mas se mantém o músculo peitoral.

Em qual situação a cirurgia de mastectomia é indicada?

A cirurgia de mastectomia é indicada em três casos: tratamento do câncer de mama, prevenção da doença e transexualização. É importante lembrar que esse tipo de procedimento não é exclusivo para mulheres, então os homens também devem ficar atentos. 

A fim de tratar o câncer de mama, a cirurgia é realizada como tratamento complementar à radioterapia e à quimioterapia. Para prevenção, esse procedimento pode ser feiro em pessoas que têm predisposição a desenvolver essa doença.

Em caso de transexualização, homens trans podem optar por retirar as mamas para ter um corpo mais masculino. Um caso famoso é o do ator Thammy Miranda, filho da cantora Gretchen.

Quais são os cuidados pós-cirúrgicos para cirurgia de mastectomia?

Após a realização da cirurgia, os pacientes devem permanecer por um período de 2 a 5 dias no hospital usando dreno. É provável que ocorram dores no peito e no braço, além de muita coceira. Por isso, deve-se fazer o uso de medicamentos receitados pelo médico responsável.

Também são comuns os casos em que há agitação, dor do membro fantasma e outros problemas de origem psicológica. É recomendado, portanto, o acompanhamento com um médico psiquiatra durante o tratamento.

Quais acessórios podem ser utilizados no pós-operatório?

Existem alguns produtos e acessórios que podem ser utilizados no pós-operatório para trazer mais conforto para quem passou pela cirurgia de mastectomia. É indicado, por exemplo, o uso de sutiãs com cobertura íntima para quem optou pela colocação de prótese mamária.

Eles são práticos de usar e garantem a autoestima das pacientes, que poderão utilizar próteses e se sentirem bem com os seus corpos.

Conseguimos esclarecer as suas dúvidas sobre a cirurgia de mastectomia? Caso seja necessário, não deixe de agendar uma consulta com o seu médico, pois ele é a pessoa mais indicada para responder questões mais pontuais do seu caso.

E para receber mais conteúdos interessantes sobre saúde e qualidade de vida, assine agora mesmo a nossa newsletter! Assim poderemos enviar nossos materiais para o seu e-mail.