O mercado de acessibilidade está sempre investindo em novas tecnologias para trazer mais qualidade de vida às pessoas com deficiência física. As cadeiras de rodas motorizadas são um exemplo de inovação, pois trazem mobilidade e autonomia para o usuário. Antes de investir no modelo, entretanto, é preciso se assegurar de que está fazendo a melhor escolha.

Pensando nisso, trouxemos informações importantes sobre as cadeiras de rodas motorizadas. Vamos explicar para quem elas são indicadas e os tipos que existem para você entender como escolher o modelo ideal. Continue a leitura deste post!

Para quem as cadeiras de rodas motorizadas são indicadas?

Em geral, as cadeiras de rodas motorizadas são indicadas para pessoas quem têm pouca força nos braços, geralmente devido a doenças como esclerose múltipla e distrofia muscular. No entanto, seu uso só é permitido quando não há comprometimento do movimento das mãos ou limitações intelectuais.

Mas o uso desse tipo de cadeira não está restrito a tais condições. O modelo costuma ser escolhido por pessoas que desejam ganhar mais autonomia no dia a dia, viajar sozinhas, usar o transporte público com maior tranquilidade e explorar o mundo com mais facilidade.

Quais são os modelos oferecidos no mercado?

Os modelos de cadeiras de rodas motorizadas variam e cada uma delas oferece diferentes possibilidades. Elas podem ser divididas em três grandes grupos, conforme mostramos a seguir.

Cadeira de rodas motorizada convencional

Nesses modelos, o usuário fica sentado o tempo inteiro e não é possível alternar para a posição de pé. São esses os modelos mais comum de se ver à venda no mercado. Eles podem ter seu fechamento em X, o que os torna mais compactos na hora de guardar. Já os modelos em L — ou monoblocos — permitem apenas dobrar o encosto sob o acento, mas garantem mais estabilidade.

Além disso, a cadeira de rodas motorizada padrão pode ou não oferecer a opção de reclinar o encosto e as pernas em diferentes graus. Esse é um diferencial importante, que permite alternar a posição do corpo, proporcionando mais saúde e qualidade de vida.

Cadeira de rodas motorizada que fica de pé

Quem procura uma opção mais moderna e confortável pode apostar nas cadeiras de rodas motorizadas que ficam de pé. Além da versatilidade e do conforto, elas promovem a saúde, a circulação sanguínea, o processo digestivo e a prevenção da osteoporose.

Essa opção tende a ter um custo mais elevado e as funções oferecidas variam de acordo com cada modelo. Mais à frente, vamos abordar outras características que você deve levar em consideração na escolha.

Scooter motorizada

A scooter motorizada funciona como um veículo para cadeirantes e pessoas com mobilidade limitada. Ela pode ou não ser desmontável e sua estrutura é similar à de uma cadeira monobloco. O modelo é ideal para uso em passeios ao ar livre, mas é preciso ter uma segunda cadeira de rodas para uso no dia a dia.

Uma alternativa interessante para quem já tem a cadeira de rodas manual é motorizá-la, de forma que ela se transforme em um triciclo. O encaixe é rápido e simples, trazendo mais autonomia para o cadeirante durante um passeio ao ar livre.

Como escolher a melhor cadeira de rodas motorizada?

Agora que você já conhece os três principais modelos de cadeiras de rodas motorizadas, entenda as particularidades que precisa observar em cada uma delas antes de fazer a melhor escolha.

Cadeiras de rodas motorizadas

Velocidade máxima atingida

Uma pessoa que caminha em uma velocidade moderada atinge cerca de 6,5 km/h. A maioria das cadeiras motorizadas atinge esse número facilmente, mas varia bastante quando o usuário deseja ir mais rápido. Portanto, é necessário estar de olho na velocidade máxima.

Esse número geralmente oscila entre 6 km/h e 15 km/h, podendo chegar a 25 km/h quando se trata de um triciclo motorizado ou scooter.

Autonomia da bateria

A autonomia da bateria determina quantos quilômetros o usuário consegue percorrer até que ela termine. Esse valor varia de 10 km a 60 km. Outro ponto importante é que muitas vezes essa autonomia depende do terreno percorrido. A tendência é que haja menos gasto de bateria em terrenos planos.

Sistema de suspensão

O sistema de suspensão das cadeiras de rodas motorizadas é feito a partir de um garfo com amortecedor. Esse sistema garante muito mais conforto, pois reduz o impacto causado pelo piso desnivelado, mantendo as rodas da cadeira em contato com chão.

Outro ponto que auxilia na questão do conforto são as rodas, que podem ser maciças ou infláveis. A opção mais confortável é a inflável, que absorve o impacto com o solo e também oferece mais tração. O ponto negativo do pneu inflável em relação ao maciço é que pode furar com mais facilidade.

Peso suportado

Na hora de escolher sua cadeira de rodas motorizada, é preciso pensar também na quantidade de peso que ela pode suportar. Esse número varia de 110 kg até 140 kg e, para garantir uma melhor performance, é imprescindível optar por uma cadeira que esteja de acordo com o peso do usuário.

Além dessas características mais gerais, as cadeiras de rodas motorizadas podem oferecer outros benefícios, como:

  • adaptação do joystick do lado direito para o esquerdo;
  • estofamento acolchoado de alta densidade;
  • apoio de braços reguláveis e pedais removíveis;
  • rodas antitombo.

Observando os aspectos acima, fica muito mais fácil fazer uma escolha segura na hora de avaliar as cadeiras de rodas motorizadas. Outro ponto que garante uma boa escolha é contar com o fornecedor certo, que tire suas dúvidas e ofereça todo o suporte de que você precisa na tomada de decisão.

Para isso, conte com a Ortoponto, uma empresa especializada em saúde e bem-estar há mais de 10 anos no mercado. Ficou com alguma dúvida ou deseja conhecer melhor as cadeiras de rodas motorizadas? Entre em contato conosco!