A prática diária de atividades físicas teve fins principalmente estéticos por muito tempo. No entanto, atualmente, a importância dos exercícios físicos para a saúde é bem conhecida, especialmente para pessoas com deficiência física. Nesse sentido, a musculação para cadeirantes já é considerada um esporte que proporciona grandes benefícios tanto ao corpo quanto à mente do indivíduo.

Neste artigo, você vai descobrir por que a musculação é uma excelente alternativa de condicionamento físico para cadeirantes. Além disso, você vai conhecer alguns benefícios do esporte e receber dicas de como praticar de maneira adequada. Acompanhe a leitura e saiba mais!

A musculação como alternativa para cadeirantes

Basicamente, quando alguém precisa estar, permanentemente ou não, em uma cadeira de rodas, isso significa que essa pessoa apresenta limitações motoras ou neurológicas que a impedem de movimentar os membros inferiores.

Essa condição pode afetar negativamente diversos aspectos da vida, além de favorecer o ganho de peso. Afinal, sem movimentação, o corpo tende a acumular mais calorias do que é capaz de consumir.

Por isso, a musculação é uma atividade que ajuda a manter a saúde física e psicológica do cadeirante. Além disso, a motivação é prazerosa, funcionando como complemento dos tratamentos já realizados, o que potencializa os resultados e desenvolve aspectos essenciais para que a pessoa tenha mais qualidade de vida.

Os benefícios da musculação para cadeirantes

Proporciona estabilidade

A partir da prática diária desse esporte, os músculos se fortalecem, o que contribui para o equilíbrio e a coordenação motora. Desse modo, o corpo ganha mais estabilidade postural para realizar as atividades, inclusive tarefas diárias.

Contribui com o funcionamento da bexiga

A musculação também melhora questões fisiológicas, garantindo mais conforto e segurança. Isso porque, com os exercícios, o cadeirante ganha maior controle do esfíncter, uma estrutura muscular que impede a passagem involuntária da urina.

Aumenta a qualidade de vida

Com a construção do hábito de praticar musculação, o indivíduo desenvolve ainda mais independência, graças ao aumento de força e massa muscular. Isso contribui muito para a realização de tarefas cotidianas e a autoimagem do indivíduo — fatores que causam grande impacto positivo na qualidade de vida.

Melhora a autoestima

Por diminuir o estresse, elevar o humor, proporcionar independência e trazer ganhos estéticos, o cadeirante tem uma melhora significativa na autoestima. Esse é um aspecto fundamental para que alguém com alguma limitação física perceba que somente a limitação psicológica é um problema grave.

A importância do acompanhamento adequado

Ter um acompanhamento correto durante a musculação garante que o cadeirante realize todos os exercícios, respeitando seus limites físicos e sem riscos de sofrer lesões. Além disso, um bom profissional é capaz de montar um treino que leve em conta as particularidades do indivíduo e as variáveis da deficiência.

Perceba que a musculação para cadeirantes, quando bem indicada e com treino adequado, de fato traz grandes benefícios à saúde. No entanto, é importante ressaltar que ainda existem desafios, como a falta de equipamentos adaptados.

Por isso, a popularização do esporte pode ser um fator determinante para a superação dessas barreiras. Assim, em breve, em todas as praças das cidades, veremos aparelhos conservados disponíveis a quem quiser se exercitar — inclusive cadeirantes.

E aí, gostou deste post? Então, que tal compartilhar o conteúdo em suas redes sociais para que outras pessoas conheçam os benefícios da musculação para cadeirantes?

Cadeiras de rodas esportivas