Os ambientes frequentados por pessoas com mobilidade reduzida devem ser construídos de forma bem planejada para evitar desconfortos e acidentes. Ao implementar um banheiro adaptado para acessibilidade, é fundamental estar atento a alguns itens, como o armário, as barras de apoio, o tapete, a largura das portas e as maçanetas.

Oferecer essas melhorias para as pessoas que dependem da cadeira de rodas é proporcionar qualidade de vida. Quer saber o que deve ser analisado ao construir um banheiro acessível para as pessoas com mobilidade reduzida? Então, siga esta leitura até o final!

Perceba o que observar ao construir um banheiro adaptado para acessibilidade

O banheiro é um cômodo usado várias vezes pelas pessoas com deficiência, por isso, deve ser bem planejado e obedecer às normas da NBR 9050. Veja como fazer essa adequação.

Armários

O armário é um móvel muito útil. No entanto, ao ser instalado em um banheiro com acessibilidade, deve ser bem planejado. É importante acomodá-lo em um local que favoreça a movimentação de 360º da cadeira de rodas no ambiente. Segundo a NBR 9050, o armário deve ficar entre 40 cm e 120 cm acima do piso.

Barras de apoio

O ideal é instalar barras nas posições vertical e horizontal, nos formatos L e U, para que deem melhor acesso à pia, ao vaso sanitário e ao box, proporcionando maior segurança. As barras com sistema de recatilha oferecem maior aderência para a mão e podem evitar deslizes e quedas.

Tapetes

Os tapetes dão um aspecto melhor à aparência do banheiro. Contudo, no caso de um banheiro para pessoas que dependem da cadeira de rodas, eles são dispensáveis. Os tapetes podem ocasionar quedas e atrapalhar a locomoção. Mas, caso sejam necessários, os modelos antiderrapantes e com base emborrachada são os mais indicados.

Largura das portas

A largura da porta é um item indispensável no momento de adaptar o banheiro. Deve haver um espaço suficiente para que a cadeira de rodas passe sem causar danos ao objeto nem incômodo à pessoa. Essa largura deve ter, no mínimo, entre 1,20 cm e 1,50 cm, segundo as normas da NBR 9050.

Maçanetas

Abrir e fechar as portas de maneira confortável também é um detalhe importante da acessibilidade. As maçanetas devem ser colocadas em uma altura de 0,80 cm a 1,10 cm em relação ao piso. O modelo mais indicado é o do tipo alavanca de, mais ou menos, 10 cm de comprimento. Essa maçaneta é recurvada, o que torna o seu manejo mais fácil.

Entendeu a necessidade de construir um banheiro adaptado para acessibilidade? Esse cômodo, quando construído segundo os padrões da NBR 9050, tornará a vida da pessoa com mobilidade reduzida mais confortável e trará privacidade. Observar a instalação do armário e da barra de apoio, o uso de tapetes, as larguras das portas e o tipo de maçaneta é uma atitude que dará certa liberdade e bem-estar ao indivíduo. Lembre-se: oportunizar independência ao cadeirante é proporcionar qualidade de vida.

Gostou de saber o que observar ao construir um banheiro adaptado para acessibilidade? Faça contato conosco, temos outras informações valiosas para você adaptar o banheiro para a pessoa com mobilidade reduzida.