Você sabia que cerca de 75% das mulheres em período fértil sofrem de cólicas menstruais? Caracterizada pela forte dor na região do baixo ventre, também é comum que a cólica seja acompanhada por inchaço, diarreia, náuseas, dores de cabeça e nas costas.

A cólica é causada quando a prostaglandina é liberada, uma substância que provoca a contração do útero para que o endométrio seja eliminado em forma de sangramento, quando o óvulo não foi fecundado. A intensidade dos sintomas depende do limiar de sensibilidade à dor e de fatores do próprio útero, que podem variar de cada mulher.

Portanto, neste artigo mostraremos 5 ótimas dicas para aliviar as dores das cólicas menstruais. Acompanhe a leitura do conteúdo para saber mais sobre o assunto!

1. Pratique atividades físicas

Pode parecer clichê, mas o fato é que praticar atividades ou exercícios físicos regularmente faz com que o organismo libere endorfinas que funcionam como analgésicos naturais.

Outro benefício da prática de atividades físicas é que elas ajudam a equilibrar a produção hormonal e a fortalecer os músculos e, por consequência, as dores tendem a ser mais leves durante a menstruação.

2. Bolsa de água quente

Primeiramente, encontre uma posição confortável para permanecer com a bolsa de água quente. Se você preferir ficar de pé, pode amarrar a bolsa na altura da cintura com um lenço ou toalha. Se não tiver uma bolsa de água quente, pode substituí-la por uma toalha aquecida a seco com o ferro de passar roupas ou no micro-ondas, por exemplo.

Caso a sua dor irradie para a coluna lombar ou você tenha o útero retrovertido, aconselhamos a concentrar uma fonte de calor no ventre e nas costas ao mesmo tempo.

Bolsa de água quente

3. Chá de canela

Existem diversos tipos de chás que fazem bem para a saúde, mas quando o assunto é cólicas menstruais, nada como um chá de canela com propriedades analgésicas para amenizar as dores.

Lembrando que chás de erva cidreira, camomila ou hortelã atuam como calmantes naturais, o que é ótimo para aliviar os sintomas, já que o estresse está associado a um dos fatores que aumentam as cólicas.

4. Massagem na parte inferior da barriga

Uma prática simples, porém bastante efetiva para aliviar dores de cólicas menstruais, é massagear a parte inferior das costas e o ventre com a ponta dos dedos.

Se você puder ficar deitada de bruços, coloque um cobertor, almofada ou travesseiro contra o corpo. Lembrando que o conforto de cada posição varia do momento e de pessoa para pessoa, contudo é preciso sempre testar. Inclusive, a yoga pode te ajudar a descobrir posições perfeitas para amenizar as dores.

5. Hábitos alimentares

Por fim, mas não menos importante, os hábitos alimentares influenciam tanto no alívio quanto no aumento da intensidade das dores. O recomendado é evitar comer alimentos gordurosos como frituras e embutidos, pois eles elevam a produção dos hormônios que causam contrações no útero. Evite também bebidas como refrigerante, chá preto e café.

Já no que se diz respeito aos alimentos que ajudam a reduzir os sintomas, podemos citar:

  • aveia;
  • soja;
  • beterraba;
  • couve;
  • atum;
  • salmão;
  • castanha-do-pará;
  • banana;
  • abobrinha.

Eles atuam como relaxantes musculares e têm ótimas propriedades anti-inflamatórias naturais.

Como você pôde conferir neste conteúdo, existem diversas formas de amenizar as dores e sintomas causados pelas cólicas menstruais. A forma como o corpo reage varia de uma mulher para outra, portanto é necessário testar até encontrar o que será melhor para você.

Gostou desse artigo sobre como aliviar as dores das cólicas menstruais? Que tal agora aprender a diferença no uso de gelo e da bolsa quente?