A alimentação é um fator importante no dia a dia de qualquer pessoa. Dependendo das escolhas, é possível tanto melhorar a saúde quanto prejudicar. Sendo assim, uma alimentação mais saudável está diretamente ligada às escolhas diárias, as quais proporcionam maior bem-estar e saúde. 

Portanto, é importante conhecer práticas que auxiliem nesse processo de escolher os alimentos certos. Quer conhecer essas práticas? Confira o post: 

1. Coma menos fritura para ter uma alimentação mais saudável

Apesar de terem fama de comidas saborosas e apetitosas, as frituras têm um outro lado: não fazem bem à saúde. Isso tudo acontece por que o óleo, quando é aquecido, se transforma em gordura prejudicial ao organismo. A principal consequência disso é o entupimento das artérias e aumento da pressão arterial, entre outras. 

Sendo assim, faça trocas inteligentes no seu dia a dia. Aquele alimento frito pode ficar ainda melhor assado ou cozido, por exemplo. 

2. Faça um prato colorido

Pense sempre o seguinte: quanto mais colorido um prato, mais saudável ele está. Pratos com essa característica são fonte de fibras, vitaminas, minerais e proteínas. Isso desconstrói aquela ideia de que um prato apenas com saladas verdes é sinônimo de saúde. Não é! 

O segredo é equilibrar e comer de tudo, satisfazendo todas as necessidades do corpo com os alimentos corretos. 

3. Acerte no café da manhã

Certamente você já ouviu falar que essa é a refeição mais importante do dia. E a verdade é que ela é sim extremamente importante e influencia a saúde com um todo, sem falar na melhora da disposição.

Entre os melhores alimentos para esse momento estão: frutas, sucos naturais, derivados do leite, cereais, café preto, chá e, até mesmo, o famoso pão — contudo, se o seu objetivo é perder peso, prefira os lights integrais. 

4. Prefira temperos naturais

E abandone aqueles temperos prontos do supermercado! Produtos industrializados costumam ser cheios de conservantes e corantes. É possível fazer versões caseiras à base de algumas ervas, pois são ricas em antioxidantes e diminuem o sal adicionado no preparo dos alimentos (o que também é uma prática válida para melhorar a saúde).

Quer praticidade? Utilize temperos naturais: basta deixar as ervas limpas e prontas para o consumo.

5. Consuma carne moderadamente

Um consumo acima de 100 ou 125 g de carne por refeição pode acidificar o ph sanguíneo, o que pode sobrecarregar os rins e fígado. Uma boa prática a ser adotada é consumir tanto a proteína animal quanto a vegetal, a qual pode ser encontrada em cereais, tubérculos e leguminosas. O segredo é variar o consumo e manter o equilíbrio!

Adotar uma alimentação mais saudável é mais fácil e benéfico do que fazer dietas restritivas vez ou outra. Quando escolher os alimentos certos se torna um hábito, o resto vira consequência de forma muito natural. Ou seja, a sua saúde melhora, a qualidade do seu bem estar aumenta e a sua relação com o peso também! 

O que achou das nossas dicas? Pretende colocar em prática ou já utilizava alguma delas? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de muitos outros assuntos como este!